quarta-feira, 6 de maio de 2009

Uma liberdade longínqua...


Pôr-do-sol que reflecte os nosso corpos e nos deixe imunes a todos os inimigos. Deixem-me sentir este momento único com vocês um dia, mais precisamente hoje, tipo...já!
Esticar os membros até não os sentir, gritar em tom de liberdade até não poder mais… É o que quero neste fim de tarde com um sol de Verão onde se sentem as cores quentes que o caracterizam.

1 comentário:

Sara =) disse...

Vamos =)
fazer isso tudo...
espreguiçar até doerem os musculos, gritar em plenos pulmoes ate ficarmos roucos...vamos isso tudo =)
sabes que te acompanhamos sempre...
*