quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O poder de uma viola


Junto ao nosso corpo sentimos as suas vibrações.
Os nossos dedos brincam naquelas seis cordas sempre prontas a darem-nos ritmo.
Músicas alegres, tristes, calmas ou até de carácter pimba, tudo isto ela sabe. Consegue adaptar-se a cada momento, e qualquer situação lhe é bem-vinda.
Instrumento de acabamentos formais que se encontra com todo o tipo de pessoas, em qualquer condição e em qualquer estado de conservação. Tudo é válido quando o ânimo por ouvi-la é maior do que qualquer outra coisa.

Músicas reconhecidas, letras sabidas e cordas afinadas, são momentos que atraem pessoas prontas a divertirem-se, a cantarem e partilharem cumplicidades.
É esse o espírito de uma noite ao som de uma viola. Gente de todas as idades se reúne à sua volta para escutar o seu cantar e as suas histórias.
Quero voltar a tocá-la e senti-la junto a mim, sentir novamente as suas oscilações de uma breve música.
Quero tornar um momento banal num momento especial!

2 comentários:

Anónimo disse...

Vais voltar à escola de música?Que bom!Tu sabes que eu sempre gostei de te ouvir tocar.A música é uma linguagem universal.Aproxima pessoas,esbate tristezas,alarga horizontes....é inteligência!já imaginaste como seria o mundo se ñ houvesse música?
beijos GRAAAANDES,Mami

tulio disse...

Espero que esteja tudo bem contigo Raquel :). obrigado pelo teu comentário, é bom saber que observas o que faço. Bjs Evorense